Após reunião com comissão da Prefeitura e trade turístico, Idema emite licença para obra em Ponta Negra

A maior obra de infraestrutura do Rio Grande do Norte nos últimos 50 anos, a ser realizada em Ponta Negra com um investimento superior a R$ 100 milhões, ganhou um novo capítulo. Nesta segunda-feira (10), após a visita de uma comissão da Prefeitura do Natal, tendo à frente os secretários municipais de Meio Ambiente e Urbanismo, Thiago Mesquita, e o de Infraestrutura, Carlson Gomes, e de representantes do trade turístico ao Idema, o órgão estadual concedeu a Licença de Instalação e Operação da obra de enrocamento da praia, há semanas requerida pelo Município.

A comissão da Prefeitura e dos segmentos do Turismo potiguar se reuniu com o diretor-técnico do Instituto, Werner Farkatt, também para ajustar a audiência pública que vai debater o aterro hidráulico (engorda) da praia de Ponta Negra. A audiência acabou agendada para o próximo dia 17 de novembro, em local a ser definido. Nela, a Prefeitura e o Idema apresentarão e debaterão com a comunidade o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), no que concerne à drenagem e ao aterro hidráulico (engorda) da praia. 

Com a licença para o enrocamento emitida, a Prefeitura de Natal deverá assinar até esta terça-feira (11) a Ordem de Serviço para a instalação imediata do canteiro de obras para, em seguida, dar início aos trabalhos propriamente ditos. 

A obra total da praia de Ponta Negra está orçada em mais de R$ 100 milhões. Reveste-se de importância para comerciantes, freqüentadores e moradores do bairro. É uma obra que vai dar uma nova feição à orla da Zona Sul, incrementando o Turismo na praia mais famosa da capital. 

“As obras são indispensáveis para Ponta Negra, porque o mar avançou muito nos últimos anos. Tivemos em 2014, por exemplo, a queda completa do calçadão na parte mais próxima ao Morro do Careca. Então, as obras vêm para dar tranquilidade à linha de costa, como também ampliar a faixa de areia da praia”, sublinha o secretário Thiago Mesquita.

O titular da Semurb disse, ainda, que futuramente a faixa de areia  da praia chegará a até 50 metros na maré cheia e a até 100 metros na maré baixa: “Isto certamente dará uma outra dinâmica à infraestrutura e ao turismo na praia de Ponta Negra”. 

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Carlson Gomes, o Município vai executar uma obra de grande valor para o turismo e para a população de Natal. A praia de Ponta Negra já possui dois quilômetros de enrocamento. Agora, devem ser feitos mais 1.170 metros. O enrocamento irá da extensão do atual empreendimento até as imediações do Hotel Serhs, na Via Costeira.

Dentre os representantes do trade turístico que participaram da reunião no Idema, nesta segunda, estavam os presidentes do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes, Habib Chalita; do Sindicato dos Guias de Turismo, Júnior Lima; do Sindicato dos Bugueiros, Hertz Medeiros; e do Sindicato das Empresas de Receptivo, Júnior Câmara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s